As 20 melhores atrações do Porto, Portugal

567
38 276

Capital do norte e verdadeira pérola de Portugal, a cidade do Porto é simplesmente um tesouro inesgotável para os turistas. Esta cidade é tão atmosférica e autêntica que você pode se apaixonar por ela à primeira vista. As casas antigas, as paredes meio gastas e as ruas tortuosas da Ribeira excitam a imaginação, o excelente vinho do Porto aquece o sangue e a simples e farta cozinha portuguesa ficará para sempre no coração de qualquer visitante do Porto.

Você pode passear pela cidade sem parar - admirar os azulejos incomuns, entrar em igrejas barrocas, passear pensativamente ao longo do aterro do Cais da Ribeira. Parece que nunca se cansa do Porto. Os passeios fluviais ao longo do Vale do Douro podem diversificar os seus momentos de lazer se todos os recantos da cidade já tiverem sido cuidadosamente perscrutados e gravados na memória há muitos anos.

O que ver e onde ir no Porto?

Os lugares mais interessantes e bonitos para caminhar. Fotos e uma breve descrição.

bairro da ribeira

Um colorido bairro central localizado junto ao rio Douro. Está incluído na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO. Muitas casas na Ribeira têm 300 anos, mas ainda são habitáveis. O bairro desce até à orla marítima do Cais da Ribeira por um sistema de escadas íngremes e ruas estreitas, entre as quais é fácil perder-se. Na zona ribeirinha existem tascas, restaurantes com cozinha tradicional dos pescadores portugueses e miradouros com bancos.

Bairro da ribeira

praça da liberdade

A praça central do Porto, rodeada de charmosos casarões e prédios administrativos dos séculos XIX-XX. em estilo moderno. A aparência da praça e dos bairros mais próximos é muito diferente do desenvolvimento caótico da parte antiga da cidade, pois todos os edifícios foram construídos de acordo com um único plano arquitetônico. Ao centro encontra-se um monumento a D. Pedro IV, construído em meados do século XIX.

Praça da liberdade

rua santa catarina

O coração comercial do Porto, onde se concentra o máximo de lojas, lojas de souvenirs, cafés e pastelarias. Por isso, a rua é muito procurada pelos turistas. Aqui pode comprar sapatos, malas e outros produtos feitos com o sobreiro local, o vinho do porto original português, provar uma variedade de pastelaria ou beber um copo de um excelente vinho das castas do Vale do Douro.

Rua santa catarina

Livraria "Livraria Lello"

A "Livraria Lello" é famosa não tanto pelo seu sortido, mas pela decoração interior e arquitectura do edifício onde se insere. Esta loja é considerada a livraria mais bonita do mundo. É constituída por dois pisos, uma elegante escada vermelha conduz ao segundo, a cobertura da loja é composta por elegantes vitrais. A loja foi inaugurada no final do século XIX e está hoje classificada como monumento nacional em Portugal.

Livraria Livraria Lello

Café Majestic

O famoso café com um magnífico interior Art Nouveau, onde você pode saborear muitas variedades de café aromático e pedir deliciosos doces. O café fica na Rua de Santa Catarina, por isso está sempre lotado de turistas. É preciso muito esforço para encontrar uma mesa livre lá. O café foi inaugurado num edifício construído no início do século XX, rapidamente ganhou popularidade entre a aristocracia local, tendo sido mais tarde notado pelos hóspedes do Porto.

Café Majestic

casa da musica

Uma das principais salas de concertos do Porto. O edifício foi erguido em 2005 pelo arquiteto R. Koolhaas. Após a inauguração, por algum motivo, foi imediatamente apontado como um símbolo do Porto. Alguns especialistas no campo da arquitetura consideram a Casa da Música um excelente projeto moderno e a comparam com a construção do Museu Guggenheim de Bilbao e da Filarmônica de Berlim. A sala de concertos tem capacidade para 1200 lugares, no seu interior existe um restaurante, uma esplanada exterior, uma loja de música.

Casa da musica

Museu de Serralves

O museu foi erguido em meados do século XX segundo projeto de A. Vieira. O próprio edifício, onde se encontra a exposição, foi construído no estilo do minimalismo, está rodeado por um magnífico parque paisagístico. O museu é especializado em arte contemporânea

Museu de Serralves

Museu Soares dos Reis

Um dos mais significativos museus da cidade, localizado no Palácio Carrancas. Aqui está exposta uma rica coleção de arte nacional portuguesa. Uma parte impressionante da exposição é ocupada pela coleção de esculturas de António Suares Reis. O museu foi inaugurado no início do século XIX com a participação do rei D. Pedro IV. As primeiras exibições foram obras de arte confiscadas de mosteiros e obras de artistas da corte.

Museu Soares dos Reis

Sé do Porto

A principal catedral da cidade, localizada no ponto mais alto do Porto. Portanto, pode ser visto de quase qualquer parte da cidade. A singularidade deste templo é que ele foi construído no século XII e chegou até nós em sua forma original. A catedral não foi reconstruída, ampliada ou demolida. Em torno do maciço edifício de estilo românico, o Porto cresceu durante vários séculos. A catedral é decorada com cerâmica tradicional de azulejo.

Sé do Porto

Igreja e Torre dos Clérigos

A Torre dos Clérigos é um símbolo reconhecível do Porto e pode ser vista de qualquer ponto da cidade como uma catedral. Durante muitos séculos, o edifício serviu de marco para os navios que entravam no porto do Porto vindos do Oceano Atlântico. A própria torre é o campanário da igreja do templo, construído em meados do século XVIII.

Igreja e Torre dos Clérigos

Igreja do Carmo e Carmelitas

Dois templos localizados tão próximos um do outro que à primeira vista podem ser confundidos com uma única estrutura. A Igreja do Carmo foi construída nos estilos barroco e rococó, a fachada da Igreja do Carmo é feita num estilo clássico mais descontraído. Os edifícios são decorados com azulejos azuis de Silvestre Silvestri. Os interiores das igrejas são ricamente pintados e decorados, alguns elementos são enfeitados com ouro.

Igreja do Carmo e Carmelitas

Igreja de São Francisco

Os membros da Ordem de São Francisco de Assis apareceram no Porto já no século XIII. Quase imediatamente eles começaram a construir seu próprio templo. A obra foi concluída no século XV e desde então o aspecto do templo não mudou muito. O edifício é um proeminente representante do gótico português. O interior moderno foi criado posteriormente - nos séculos XVII-XVIII. Distingue-se pelo esplendor e esplendor da decoração.

Igreja de São Francisco

capela das almas

Uma pequena igreja do século XVIII, que a princípio não se destacava em nada da paisagem circundante. Em 1929, foi revestido com milhares de azulejos tradicionais, passando a ocupar um dos primeiros lugares na lista de atrações do Porto. Não há outro edifício na cidade que seja mais ricamente decorado com azulejos tradicionais azuis e brancos com vários temas históricos e míticos.

Capela das almas

palácio do bispo

A história do edifício começou no século XII, quando uma figura da igreja local, João Rafael de Mendons, quis construir o seu próprio palácio. Mas ele nunca esperou que o trabalho fosse concluído. O primeiro edifício foi construído em estilo românico, mas ao longo dos séculos foi reconstruído várias vezes. No século XVIII, o palácio foi novamente reconstruído, acrescentando-se elementos barrocos ao estilo arquitetónico.

Palácio do bispo

Palácio da Troca

Um palácio neoclássico localizado no local de um antigo mosteiro franciscano. O mosteiro pegou fogo no início do século 19, as ruínas foram rapidamente tomadas por comerciantes locais. Eles imediatamente começaram a construir a sede de sua associação comercial. O edifício foi projetado pelo arquiteto Joaquim Junior. Muitos artesãos locais trabalharam na decoração e design de interiores.

Palácio da Troca

Estação São Bento

A principal estação do Porto, onde chegam comboios de todo o país. Muitos trens suburbanos partem da estação, o que é definitivamente uma vantagem para os turistas. O edifício foi construído no local de um mosteiro beneditino incendiado (e gradualmente em ruínas). A primeira pedra dos alicerces da futura estação foi lançada por Carlos I em 1900. São Bento tornou-se conhecida em todo o mundo pela sua magnífica decoração interior - todas as paredes estão decoradas com pitorescos azulejos.

Estação São Bento

ponte dom luis

Ponte ferroviária sobre o rio Douro, ligando o porto e a vila de Villa Nova di Gaia. O edifício foi projetado pelo aluno de Gustave Eiffel - Theophilus Seyrig. A ponte revelou-se muito pitoresca - os pontões “a céu aberto” parecem voar sobre o rio, o design elegante complementa harmoniosamente a paisagem circundante. A ponte oferece uma vista magnífica sobre o Porto, a cidade de Vila Nova de Gaia e o leito do rio Douro.

Ponte dom luis

Ponte Maria Pia

Mais uma ponte de ferro lançada sobre o rio Douro e decorando a paisagem urbana. Foi construído no final do século XIX com tecnologias avançadas que permitiram a instalação de suportes no leito de cascalho instável do rio. A ponte foi projetada pelo arquiteto da Torre Eiffel, Gustave Eiffel. O design é considerado uma verdadeira obra-prima da engenharia, como todas as criações de Eiffel.

Ponte Maria Pia

Estádio do Dragão

Arena de futebol da equipa local do Porto, um estádio europeu funcional e moderno. Aqui em 2004 foram realizadas as partidas da Copa do Mundo. O estádio também recebeu apresentações de vários grupos musicais conhecidos. O projeto é projetado de forma que as arquibancadas fiquem o mais próximo possível da arena. O estádio pode acomodar cerca de 52 mil pessoas.

Estádio do Dragão

Vinho do Porto

O Porto é o berço do vinho do Porto e a localização das empresas produtoras desta bebida. Escritórios, produções e caves de grandes empresas vinícolas (Calem, Sandeman, Cockburn, W.

Vinho do Porto